Notcias

Voltar

Covid-19: RS tem 2,7 milhes de pessoas com a dose de reforo em atraso

02/07/2022

Apesar do avanço da vacinação em solo gaúcho, com cobertura de quase 90% da população com a primeira dose, o Rio Grande do Sul ainda tem atrasos no calendário vacinal contra o coronavírus. Ao todo, conforme os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) da última quarta-feira, são 2.758.789 pessoas sem a dose de reforço no braço (ou terceira dose) e 697.186 pessoas que não retornaram para tomar a segunda dose dentro do período recomendado e, assim, completar o esquema vacinal primário contra a Covid-19.

Em relação à terceira dose, o maior déficit é entre 18 a 29 anos. Até a última atualização dos dados, 56% dos jovens não haviam voltado às unidades de saúde para a dose de reforço. O volume de pessoas com atraso na imunização reduz conforme o avanço dos grupos etários. Na faixa de 30 a 39 anos, o volume de pessoas em atraso na 3ª dose é de 47%. O menor déficit está na população com 80 anos ou mais, onde 79% já tem o esquema vacinal com três aplicações. Em Porto Alegre são 524.862 pessoas sem a terceira dose contra a Covid-19, até a última quarta-feira.

Aplicação da quarta dose avança no Estado
Municípios gaúchos já podem aplicar a quarta dose da vacina contra Covid-19 em pessoas com 40 anos ou mais, desde que tenham tomado a primeira dose de reforço (3ª dose) há mais de quatro meses. Além disso, o imunizante já está sendo aplicado em profissionais da saúde de 18 anos ou mais.

Seguindo orientação do Ministério da Saúde, são utilizadas as vacinas da Pfizer, Astrazeneca ou Janssen, de acordo com a disponibilidade de doses de cada município.

Em Porto Alegre, pessoas com 40 anos serão vacinadas com a nova dose de reforço apenas a partir de 5 de julho, conforme prevê cronograma divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Hoje, o município imuniza pessoas de 44 anos ou mais.

Com informações: correiodopovo.com.br

Assistncia