Notcias

Voltar

RS permanece com trs regies em bandeira amarela no mapa preliminar

17/10/2020

O Rio Grande do Sul permanece com três regiões em bandeira amarela na no mapa preliminar da 24ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira. Com apenas uma troca entre duas regiões, as áreas consideradas de risco epidemiológico baixo no Estado são: Cachoeira do Sul, Bagé e Palmeiras das Missões.

Pelotas, que na última semana estava na amarela, passou para a laranja nesta nova rodada. Já Cachoeira do Sul migrou da laranja para amarela nesta nova avaliação do governo estadual.

As outras 18 foram classificadas preliminarmente como bandeira laranja. Além de Pelotas, seguem como risco epidemiológico médio para o coronavírus as seguintes regiões:  Santa Maria, Uruguaiana, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Guaíba, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

Nesta sexta-feira, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou que o Rio Grande do Sul acumula 5.312 mortes por Covid-19 e 220.563 infectados distribuídos em 496 das 497 municípios gaúchos.

Indicadores

Há duas rodadas consecutivas mais da metade dos municípios do Estado está sem registro de óbito ou hospitalização de moradores nos 14 dias anteriores à apuração dos dados do Distanciamento Controlado.

O monitoramento semanal do modelo de Distanciamento Controlado mostrou que o Estado segue com ligeira queda em grande parte dos indicadores. É o caso do número de internados em UTI por SRAG (-4%) e por Covid-19 (-8%). Com isso, houve aumento de 5% no total de leitos livres destinados aos casos que necessitam de tratamento intensivo. A redução mais expressiva se deu no número de óbitos entre as duas semanas: queda de 16%.

No entanto, um dado que chama a atenção é o de novos registros semanais de hospitalizações de pacientes confirmados com Covid-19: aumentou 24% entre as duas últimas semanas. Embora o percentual seja expressivo e sirva de alerta para as autoridades, os números são baixos – eram 598 e passou para 739 novas internações. A título de comparação, na 14ª rodada do Distanciamento Controlado, de 11 a 18 de agosto, o total de novos registros de hospitalização chegou a 1.278 – mais alto até agora.

O alerta deve ser direcionado, principalmente, para as regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, que são Porto Alegre (186), Caxias do Sul (81), Canoas (54), Passo Fundo (49), Novo Hamburgo (46), Pelotas (45) e Santa Maria (41).

Cogestão

Das 21 regiões, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema compartilhado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo: Santa Maria, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

As regiões em cogestão classificadas em bandeira laranja podem adotar regras de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam).

Os municípios e associações regionais podem apresentar, até as 6h de domingo, pedidos de reconsideração, que serão analisados para que as bandeiras definitivas sejam divulgadas na segunda-feira. A nova fase do Distanciamento Controlado passa a valer oficialmente na terça-feira.

O levantamento completo da 24ª rodada do Distanciamento Controlado pode ser acessado neste link.

 

Com informações: correiodopovo.com.br

Assistncia

Gostaria de receber mais informaes do nosso portal por e-mail?

Panorama