Notícias

Voltar

Santa Maria tem 14 casos de toxoplasmose confirmados

20/04/2018

O Governo do Estado e a prefeitura de Santa Maria convocaram uma coletiva nesta quinta-feira para esclarecer o surto de Toxoplasmose no Município da Região Central do Rio Grande do Sul. Até o momento, 14 dos 59 casos analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen) tiveram a confirmação da doença.

De acordo com o prefeito Jorge Pozzobom e a secretária de Saúde, Liliane Duarte, todas as medidas de investigação, prevenção e controle estão sendo adotadas no município. O chefe do Executivo ressaltou que, na segunda-feira estará em Porto Alegre para tratar deste assunto com o secretário Estadual da Saúde, Francisco Zancan Paz. Na terça, ele abordará o assunto em Brasília, em reunião no Ministério da Saúde com a presença do deputado federal Osmar Terra. Uma força-tarefa foi formada no município para iniciar o processo de investigação das causas do surto.

“Estamos reunindo todos os esforços para acalmar e atender a população e, garantimos, que estamos tomando todas as medidas necessárias. Pedimos calma à população”, enfatizou o prefeito Jorge Pozzobom.


Força-tarefa

A secretária municipal de saúde, Liliane Mello Duarte, reforçou que a prefeitura, com apoio do Estado, dará toda assistência à população e, informou, que neste sábado, seis Unidades de Saúde do Município estarão abertas das 8h ao meio-dia para acolher as gestantes que, junto com os recém-nascidos e imunodeprimidos, estão nos grupos de risco para Toxoplasmose.

“As gestantes que puderem, compareçam às Unidades neste sábado para que recebam orientações e o acolhimento, além de tirar dúvidas que certamente serão levantadas neste momento”, explicou.

A chefe de Divisão Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde, Tani Maria Schilling Ranieri Muratore, lembrou que não há como definir o início e nem o término do surto, mas que será feito uma busca ativa nos postos de Saúde para levantar os casos e esclarecer a fonte de contaminação. Conforme Tani, a literatura médica aponta duas situações para a Toxoplasmose: a água e os alimentos – especialmente carne crua ou mal passada. “É uma doença endêmica, e os sintomas são semelhantes a outras patologias. Por isso, todos os casos serão investigados. Pedimos calma e ressaltamos que as equipes estão fazendo estudos para identificar a fonte deste surto”, finalizou Tani.

 

Com informações: correiodopovo.com.br

Assistência

Gostaria de receber mais informações do nosso portal por e-mail?

Internet