Notícias

Voltar

Relógios precisam ser adiantados em uma hora neste domingo

03/11/2018

Medida irá vigorar até a madrugada do dia 16 de fevereiro de 2019

O horário de verão começa neste domingo. Com isso, à meia-noite do primeiro domingo do mês, considerando como oficial o horário de Brasília, os relógios devem ser adiantados em um sessenta minutos (marcando 1h) em 11 estados brasileiros. Até o ano passado, a medida tinha início no terceiro domingo de outubro e terminava no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. No entanto, em decreto publicado em dezembro de 2017 e para evitar a coincidência com o período eleitoral, o governo determinou que o início passaria para o primeiro domingo de novembro, sem alterar o término.

Com isto, houve uma redução de 14 dias do horário de verão. Na madrugada do dia 16 de fevereiro de 2019 os relógios devem ser atrasados em uma hora, voltando para o atual. Ou seja, à meia-noite de sábado para domingo, deve-se marcar 23h. Por conta da variação de luminosidade em cada parte do País, o horário de verão é válido apenas nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. O objetivo é que a população aproveite melhor a luz natural na estação em que os dias ficam mais longos. Dessa forma, usualmente a concentração de consumo entre 18h e 21h é reduzida.

O horário de verão foi criado em 1931, pelo presidente Getúlio Vargas. Naquela época, adiante era "adeante", ontem era "hontem" e o horário de verão era a "Hora de Economia de Luz no Verão". Ele foi adotado em todos os estados do País entre 3 de outubro de 1931 e 31 de março de 1932. Na época a medida acabou sendo interrompida e só voltou a ser aplicada em 1949. Dessa vez, até 1953. Depois, de 1963 a 1968. Quase 20 anos depois, em 1985, quando parecia que o horário de verão tinha sido completamente esquecido, o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas obrigou o governo a retomá-lo. Deste então, ele é aplicado todos os anos com a intenção de gerar economia de energia. Em 2016, por exemplo, foram economizados 2.185 MW - R$147,5 milhões.

Até 2008, o horário de verão não tinha dia certo para começar e acabar. Um decreto daquele ano fixou a duração da medida em quatro meses e estabeleceu que ele começa no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Quando o terceiro domingo de fevereiro coincidir com o domingo de Carnaval, o horário de verão termina no quarto domingo desse mês. Nesse período, os dias são mais longos, devido à posição da Terra em relação ao Sol.

Com informações do correiodopovo.com.br

Internet

Gostaria de receber mais informações do nosso portal por e-mail?

Assistência