Notícias

Voltar

Pedro Geromel pode ficar até 30 dias parado

10/09/2019

Faltando 22 dias para o primeiro jogo da semifinal da Libertadores da América contra o Flamengo, o Grêmio tem no tempo o seu maior aliado para tentar recuperar o zagueiro Pedro Geromel. As chances de ele estar em campo, porém, são bastante remotas. O departamento médico só deve se manifestar nesta terça-feira a respeito da gravidade do problema muscular na coxa direita sofrido no domingo, em jogo diante do Cruzeiro, mas o período de afastamento do jogador pode chegar a 30 dias.

Em 2017, o zagueiro teve uma lesão muscular de grau 2 na mesma região da perna e ficou três semanas longe dos gramados. A possibilidade maior é que Geromel atue no jogo da volta, dia 23 de outubro, no Maracanã. A boa notícia é que David Braz tem sido um reserva de luxo e, quando chamado por Renato Portaluppi, tem substituído à altura tanto Pedro Geromel quanto Walter Kannemann.

A preocupação maior de Renato é ficar sem todo o lado direito da defesa no confronto de ida. Leonardo Gomes ainda aguarda a decisão dos médicos quanto à realização ou não de uma cirurgia no joelho e é desfalque certo. Rafael Galhardo, hoje, é o único lateral à disposição. Por isso, a recuperação de Leo Moura deve se acelerar. O lado direito é por onde joga o perigoso atacante Bruno Henrique, da Seleção Brasileira.

Até o duelo de ida com o time carioca, serão mais quatro partidas pelo Brasileirão. Como foi eliminado da Copa do Brasil, o Grêmio terá um calendário mais folgado em setembro, com apenas um jogo em meio de semana, no dia 26, contra o Avaí, e poderá treinar mais a equipe.

Os jogadores se reapresentam no CT Luiz Carvalho nesta terça-feira após um dia de folga concedido pela comissão técnica. No domingo, o Grêmio recebe o Goiás, às 16h, na Arena, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

 

Com informações: correiodopovo.com.br

Internet

Gostaria de receber mais informações do nosso portal por e-mail?

Assistência