Notícias

Voltar

Antônio Prado tem risco de racionamento de água

25/03/2020

O calor e a pandemia aumentam o consumo

Pessoas desinformadas ou que não se preocupam com a coletividade, estão tratando a água como um bem infinito. Só que essa não é a realidade das comunidades do interior. Poços e açudes estão secando, pondo em risco o abastecimento das famílias e a água para os animais beberem.

A foto que ilustra a matéria foi enviada por um ouvinte preocupado com a situação de sua comunidade, ele pede para não ser identificado.

Abastecimento na cidade

A falta de chuvas de grande volume nos últimos 90 dias e esta comprometendo o abastecimento de água potável também na cidade de Antônio Prado, que é da responsabilidade da Corsan. Sem contar que, com o calor e a pandemia, o consumo é ainda maior.

Como foi dito em outra matéria divulgada neste site, Antônio Prado possui 14 poços artesianos em operação. pelos motivos expostos, estão operando em seu limite máximo de produção.

Segundo a gerente interina da Corsan local, Muriel Caroline Hofman “Mesmo que tenhamos a tão esperada chuva nos próximos dias, o resultado não é imediato na água subterrânea, o que ocorre é que nos períodos de maior incidência de chuva o consumo pela população é menor”, esclarece Muriel.

Para evitar racionamento a Corsan chama a atenção dos seus clientes para o consumo consciente da água. Com a maior demanda, os sistemas ficam no seu limite e qualquer interrupção para concerto ou falta de energia elétrica compromete muito a normalização do abastecimento.

De acordo com Muriel, “nas últimas semanas aqui na zona urbana que é onde atendemos não estamos com nenhum bairro desabastecido, apesar de todas as dificuldades de falta de pessoal fizemos um trabalho de consertos de vazamentos e tivemos resultado positivo”.

O verão acabou porem o calor persiste e nada de chuvas. É necessário a economia e conscientização da população. A possibilidade de raciocínio é mínima, mas existe.

Algumas dicas para economizar água

• Evitar desperdício
• Não lavar calçadas e veículos com mangueira
• Nesse período, evitar encher piscinas
• Comunicar a Corsan possíveis vazamentos
• Dividir as tarefas que utilizam “mais água” no decorrer da semana, visto que o sábado e domingo são os dias de maior consumo
• Caso não tenha, providencie um reservatório para sua residência

Qualquer dúvida ou informação pode ser obtida no escritório da Corsan, na Rua Ramiro Barcelos, nº 72 em frente ao Ginásio Lourenço Golin ou através do Call Center 0800 646 6444

 

Fonte: Grupo Solaris

Assistência

Gostaria de receber mais informações do nosso portal por e-mail?

Internet